Não Reclame das Sombras Faça Luz . (Chico Xavier)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

“ NÃO HÁ PONTO FINAL PARA O AMOR, AMOR É VIDA E VIDA É ETERNIDADE !.” André Luiz

.

André Luiz

"Amar não é desejar. É compreender sempre, dar de si mesmo, renunciar aos próprios caprichos e sacrificar-se para que a luz divina do verdadeiro amor resplandeça".
Este é um Site Ecumênico Buscando Unicamente Promover o Bem Universal, que promovem o amor cristão , desejo maior do Grande Mestre Jesus . Sejam bem vindos !

Seguidores

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Depressão Econômica


Um homem morava à beira da estrada e vendia cachorros quentes.
  Sua audição não era perfeita e, por isso, não ouvia rádio. Sofria da vista; portanto, não lia jornais. Mas vendia saborosos cachorros quentes!
E o homem punha, próximo à rodovia, uma tabuleta que anunciava a boa qualidade deles.
  Postava-se à borda do caminho e bradava com sorriso nos lábios e brilho nos olhos:
  - Compre um cachorro quente, senhor!
E, assim, aumentou suas vendas e suas encomendas de carne e pãezinhos.
Adquiriu um fogão maior a fim de atender bem à freguesia.
Tudo sempre com muita qualidade, entusiasmo, otimismo e prazer.
  E custeou o estudo do filho com as vendas dos cachorros quentes...
Mas, então, algo aconteceu...
Disse-lhe o filho "letrado" e "realista":
- Pai, não tem ouvido rádio? Se o dinheiro escassear ficaremos, com certeza, em má situação. Pode ser que sobrevenha grande crise econômica.
Seria, pois, melhor preparar-se para um mau negócio.
  Após o que o pai pensou:
- Bem, meu filho freqüenta o colégio. Lê jornais e ouve rádio. Logo, deve saber o que diz.
  Assim, o pai diminuiu as encomendas de carne e pãezinhos para não correr mais riscos... Parou de fazer letreiros de propaganda para não gastar com as mesmas...
Também não mais se deu ao trabalho de postar-se à beira da estrada, na "vã" tentativa de cativar novos clientes...
E as vendas decresceram quase de um dia para outro.
- É... Você tinha razão - sentenciou o pai ao rapaz - sem dúvida, rumamos para uma depressão econômica!...

  Autor Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário